| Tudo sobre Cães e Gatos

Vira Lata – significado

3.67K 2
Vira Lata – significado

Entende-se como vira lata todo o gato e cachorro que possui mistura de uma ou mais raças em sua linhagem genética. Assim, definindo este termo pela diversidade racial, podemos afirmar que somos vira-latas.

Vira lata é uma expressão antiga, bastante comum, para designar animais de rua, sem raça definida, aqueles que mexiam nas latas de lixo em busca de comida e corriam em disparada quando, ao caírem as tampas, assustavam-se com aquele barulhão. A época mudou, hoje em dia nem usamos mais latas de lixo, mas o termo continua sendo usado e os vira-latas continuam a existir. Geralmente atentos, ativos, carinhosos.

Leia também:

Facebook proíbe venda de animais na rede social

Veterinária se suicida após sacrificar centenas de cães em Taiwan

Sarna: sintomas, tratamentos e causas

Investigando o termo “vira-lata”, descobriremos dois focos fundamentais de entendimento: um, como caracterização do abandono, do andar sem rumo e sem destino; e outro, como sinônimo de mistura de raças. Existe, da mesma forma, quem compreenda que a expressão vira-lata precisa dos dois quesitos – abandono e mistura racial – para ser completo.

Ao longo do tempo, por infelicidade, foi associado ao termo vira-lata mais um sentido que desviou-o do foco original. Não é de se admirar observarmos a expressão sendo empregada para indicar algo ou um ser inferior, desqualificado, de pouca importância ou menor valor. Na verdade esse termo nunca deveria ser utilizada em sentido de sarcasmo ou desprezo.

Uma das particularidades mais relevantes no Brasil é propriamente a diversidade étnica que nos originou. Somos a soma de várias linhagens, que nos concederam virtudes e essência. E da mesma forma é a graça dos bichinhos vira-latas.

Originários de inúmeras miscigenações, impetuosos para superar todos os obstáculos da vida, e extremamente amigos. A extensa diversidade de linhagens que constitui seu genótipo lhes assegura uma beleza ímpar, ou você já viu dois vira-latas iguais? Bichinhos de uma raça específica, quanto mais puros forem, menos diferenças de fenótipo mostrarão, ao mesmo tempo que os animais sem raça definida possuem uma imensa diversidade em sua aparência justamente pela miscigenação que lhes deu origem.

Preze os bichinhos, não importando a raça, o pelo, a cor, o tamanho. Ame sem discriminação e toda vez que usar a expressão vira-lata, use-a com orgulho e respeito.

Fonte: Bicho de rua

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook