| Tudo sobre Cães e Gatos

Videochamada com seu animal de estimação

1.73K 3
Videochamada com seu animal de estimação

Se nas ocasiões em que você viaja ou sai para o trabalho, você fica tenso em deixar seu animal de estimação sozinho, seus problemas acabaram… Alguns bichinhos, em especial os cãezinhos, padecem ao estar sozinhos em casa. Quem tem cães inquietos sabe a demolição que este animal pode acarretar sua casa. Mas, e se fosse possível ver como está o seu bichinho ao longo do dia  por videochamada e dar-lhe alguns petiscos para que ele não se sinta tão sozinho? Por meio disso pode fazer o dia do seu animal mais alegre e o seu também.

Foi nisto que pensaram as empresas que inventaram um dispositivo que lhe permite ver e falar com seu o bichinho de estimação, bem como ativar um doseador automático que presenteia com uma guloseima o animal ou até mesmo dispensar o aroma do seu perfume para que seu pet “sinta” sua presença.

Leia também:

Animais com síndrome de down – Entenda como funciona!

Jovem faz sucesso com o tutorial de como dar banho no gatineo

Pet na empresa: quando os animais no ambiente de trabalho são bem vindos

Os usuários do dispositivo tem que dispor de um smartphone ou um tablet para pôr no mecanismo, através do qual os bichinhos vão conseguir atender à videochamada de qualquer lugar do mundo.

O equipamento custa cerca de R$ 770,00. Uma das empresas que comercializa o produto, cujo sistema inclui autofalante, câmera, microfone e um dispenser para aroma e biscoitos; o PetChatz tem um design aerodinâmico e sem pontas planejado para não causar acidentes ao animal.

O aparelho deve ser fixado em uma parede e ficar visível e na altura de seu cão ou gato. A conexão com o equipamento pode ser feita via computador, celular ou tablet. O animal é alertado sobre uma nova chamada por meio de um alerta sonoro. O equipamento possui ainda um sensor de movimento.

Assista ao vídeo de apresentação do produto:

Fonte: Green Savers

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook