| Tudo sobre Cães e Gatos

Empresa permite que funcionários levem gatos para o trabalho

874 1

Empresa no Japão inova e permite que funcionários levem gatos para o trabalho.

Segundo a companhia, a presença dos animais ajuda no combate à fadiga e o estresse dentro do serviço.

As empresas japonesas são conhecidas por suas intensas ​​horas de trabalho, a rotina pode ser bastante estressante, mas uma delas afirma ter encontrado um bom método para aliviar os funcionários: a companhia dos gatos.

Em Tóquio, no Japão, a empresa de informática Ferray, conta com a presença de nove felinos ronronantes peludos, que descansam sobre as pernas dos empregados, saltam de suas almofadas sobre os teclados e comem e dormem livremente.

funcionários

Leia também:

Pet na empresa: quando os animais no ambiente de trabalho são bem vindos

Estudos detectam como os cães veem seus humanos

Gato resgatado tem transformação incrível e logo foi adotado

Para a Ferray, a presença dos felinos ajuda no combate à fadiga e ao estresse no dia dia. Hidenobu Fukuda, o diretor da empresa que implementou a novidade, afirma que algumas vezes, com a vinda dos animais para a empresa, acontecem imprevistos. “Eles andam por telefone e cortam a chamada. Ou desligam o computador, tocando o botão de energia ”

Os funcionários parecem apoiar a permissão. “Eu acho que é bom ter um gato no escritório. Eles fazem você se sentir mais confortável, e é bom quando você está cansado “, afirma Eri Ito, empregado da Ferray.

“Também dou 5.000 ienes (40 euros) por mês para quem salvar um gato”, acrescenta.

Em Ferray, Eri Ito se diz encantada: “Os gatos dormem do nosso lado, é relaxante”.

Outras empresas também planejam recorrer a animais para reduzir o estresse e a ansiedade de funcionários no trabalho.

O Google é uma das famosas empresas que levam a sério um ambiente com a companhia dos peludos. Eles autorizam a equipe a levem seus bichinhos de estimação para o ambiente de trabalho.

Fonte: EXAME

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook