| Tudo sobre Cães e Gatos

5 dicas infalíveis p/ ensinar seu cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

14.47K 4
5 dicas infalíveis p/ ensinar seu cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

Seu cachorro faz xixi e cocô no lugar errado?

Não é nada agradável chegar em casa, cansado de um dia cheio de trabalho, e dá de cara com xixi e cocô espalhados pela casa. Uma das dúvidas mais frequentes de tutores é “como ensinar meu cachorro a fazer as necessidades no lugar certo?”.

É perfeitamente possível ensinar ao seu cão que existe um lugar certo para fazer suas necessidades. Com alguns cuidados, muito carinho e dedicação, xixi e cocô fora do lugar não serão um problema na sua casa!

Leia também:

Causas pelas quais seu cão está fazendo xixi no lugar errado

Como ensinar o cachorro a fazer as necessidades na rua

Meu cachorro enjoou da ração, e agora o que fazer?

A3 dicas infalíveis p/ fazer seu cão dormir na cama dele

O que não devo fazer?

Não se pode bater, gritar ao até mesmo afundar o focinho dele nas fezes. Não é o jeito certo para educar seu cachorro. Pelo contrário, esse tipo de atitude pode desenvolver o hábito da coprofagia (ato de comer fezes).

Filhote ou adulto?

O xixi para o filhote, tanto macho quanto fêmea, é apenas uma necessidade (assim como para nós, humanos), porém com o tempo tende a assumir um papel de marcação, coisa que acontece mesmo com os cães castrados. Cães castrados também podem fazer xixi no lugar errado.  Não estou falando apenas de marcação de território, mas como um sinal de “banheiro do Toby é aqui, ou, o Toby passou por aqui”. Nas fêmeas esse comportamento também pode aparecer, o que não é muito difícil de encontrar. Assim, como qualquer tipo de comportamento, fazer ou não as necessidades no lugar certo tem a ver com o grau de incentivo que o cão recebe quando está atendendo o chamado da natureza.

Caso o seu cão seja filhote, tudo o que ele vai precisar é de um incentivo CERTO na hora CERTA. E se o cão for adulto a a dica é a mesma, porém, com uma dose a mais de paciência, afinal estamos falando de anos de maus hábitos. Acreditem quando digo que esse é um dos problemas mais simples de serem resolvidos, o que o torna complicado em alguns casos é a falta de comprometimento e paciência do tutor com o seu cachorro.

Já escolheu o local onde ele fará as necessidades?

O local onde o seu cão fará as necessidades não pode ser em qualquer lugar.  Analise o local onde ela fará o xixi e cocô. Só depois de certificar-se de que ali será realmente bom, passe a mostrá-lo ao cão. E atenção miudar o local várias vezes deixará ela confuso, isso não é bom. Lembre-se de que esse local terá de ser o mais longe possível de onde o cachorro dorme, ou se alimenta. Caso contrário haverá conflitos e ele poderá desenvolver outros tipos de problemas, como dificuldade de alimentar-se.

Se já escolheu bem o local, vamos para as  5 dicas que podem ajudar você a adestrar seu cachorro:

1 – Institua horários da alimentação. Não deixe a ração disponível o dia todo. Assim, o organismo do animal irá se regular: e ele terá hora para comer, e hora para fazer xixi ou cocô.

2 – Fique atento ao horário das necessidades do seu cão. Quando estiver próximo da hora, fique atento, antecipe-se e conduza-o até o local escolhido.

3 – Quando ele fizer onde você deseja, faça festa, dê até algum tipo de agrado, algum mimo ou uma guloseima – reforce o sentido positivo da atitude dele. Ele irá ficar feliz e compreenderá que seu ato foi bem aceito.

4 – Se vê seu cão fazendo no lugar errado (Não adianta nada você brigar com ele), interrompa e leve-o ao lugar certo. Estimule que ele termine o serviço ali. Se ele conseguir, faça-lhe agrados.

5 – Limpe bem o local onde seu cachorro faz as necessidades. Os cachorros têm o olfato muito apurado, e se sentirem o cheiro retornarão ao erro.

Lembre-se, seja paciente e calmo na execução das dicas acima. Cães não aprendem nada sob pressão e muito menos sob descontrole emocional.

Fontes: Animale/Farejador de cães

Gostou do conteúdo? Curta nosso Facebook, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook