| Tudo sobre Cães e Gatos

Saiba quais são as 7 doenças caninas mais comuns

393 2
Saiba quais são as 7 doenças caninas mais comuns

Ao primeiro sinal de mudança de comportamento, humor e/ou apetite do seu cachorro, você precisa ficar atento, pois, ele pode está doente. As doenças caninas mais comuns podem ter sintomas bem parecidos, mas as causas pode ter origem alérgica, infectocontagiosa e metabólica.

Saiba como diferenciar as doenças caninas mais comuns, dicas de como evitar este mal. Entretanto, apenas um médico veterinário poderá dar o diagnóstico e receitar medicamentos.

Leia também:

Cachorro Yogi (raça Shih-poo), tem ‘cara de gente’ e faz sucesso na web!

7 doenças caninas mais comuns

1 – Doença do carrapato

Erliquiose e Babesiose são as formas de doença do carrapato. Ambas atingem a corrente sanguínea dos animais. Além do próprio carrapato se alimentar do sangue, a bactéria da Erliquiose destrói glóbulos brancos, o protozoário da Babesiose os glóbulos vermelhos e também as plaquetas do organismo.

Doença do carrapato pode provocar ainda: manchas avermelhadas, febre, fraqueza, tristeza, perda de apetite, vômitos, mucosas amareladas a brancas, dentre outros sintomas de acordo com o estágio da doença.

Não há vacinas para prevenir os cães de ter carrapatos e as doenças transmitidas por eles, por isso, tome cuidados como: banhos regulares; dedetizar os locais onde os cães vivem, evitar locais de grama alta; usar produtos anti-carrapatos e verificar o pelo do animal.

2 – Alergia alimentar

Você sabia que as alergias a alimentos são a terceira causa mais comum de dermatite em animais? Sim, a Hipersensibilidade alimentar é uma das doenças caninas mais comuns.

Proteínas nos alimentos podem provocar respostas alérgicas no seu pet, em qualquer idade, por isso é importante investigar ao identificar sintomas como: coceira, pele avermelhada, queda de pelos, diarreia e
vômitos.

Ao primeiro sinal, leve seu pet para o Plano de Saúde Animal contratado. Lá serão realizados exames de sangue e a recomendação para suspender a alimentação.

3 – Cinomose

Ocasionada pelo Canine Distemper Vírus, a Cinomose pode ser facilmente contraída animais com o sistema imunológico fraco.

Seu animal poderá adquirir o vírus pelo contato com a saliva ou secreções nasais (como o espirro) de um cão doente.

Dependendo do estágio da infecção viral, o seu pet apresentará: febre, perda de apetite, apatia, corrimentos mais intensos nos olhos e focinho, vômitos e diarreia e alterações no sistema nervoso, como espasmos nervosos, convulsões e até paralisia, na fase mais avançada.

Cinomose é uma das doenças que mais matam os pets, cerca de 85% dos cães infectados vão a óbito.

Neste caso a prevenção é a vacina composta de 3 doses.

4 – Raiva Canina

Também provocada por vírus, a Rábia ou Raiva canina é uma zoonose sem cura com vários tipos e estágios.

Basta um contato com a secreção do portador da doença, por mordida ou não, ou o contato com o sangue do mesmo. Depois disso o vírus vai percorrer o organismo e os sintomas aparecem em um período que varia de 3 a 6 semanas, no máximo.

Quando esses sintomas aparecerem, restará ao infectado no máximo mais uma semana de vida.

As características da doença são: agressividade, salivação excessiva e paralisia.

As fases Raiva Furiosa, Muda e Intestinal podem fazer com que o cão de comporte de maneira diferente, indo de muito agressivo até totalmente isolado.

A vacina antirrábica é a única forma de prevenção e em muitos estados do Brasil a vacina é disponibilizada gratuitamente.

5 – Otite

A inflamação no ouvido também está na lista de doenças caninas mais comuns, em especial em cães que tem orelhas compridas.

Causada por microrganismos, pode se apresentar como otite externa, média e interna.

Para verificar esse problema observe as orelhas e ouvido do animal procurando acúmulo de secreção, veja se ele coça a região, sente dor ou sempre inclina a cabeça para um lado para ouvir melhor.

Para prevenir, mantenha a higiene regular desta região, usando gaze ou toalhas umedecidas e produtos adequados.

6 – Sarna

O mesmo ácaro causador de Otite pode causar Sarna, outra doença canina comum. A dermatite sarna tem alguns tipos mais comuns: a sarna escabiose, a sarna negra (genética) e otodécica.

Os animais com sarna apresentaram coceira excessiva, perda de pelo e de apetite, manchas avermelhadas e/ou pretas pelo corpo.

Para prevenir, você deve manter a regularidade nas vacinas, higiene do animal e ambientes. E cachorros que possuem a doença em seu gene devem ser castrados.

Os tratamentos são realizados com banhos, medicamentos e até injeções. Consulte o veterinário do seu cão para saber como agir.

7 – Parvoviros

Parvovírus também é comum e muito perigoso para os animais. Este ataca diretamente o sistema digestivo, trazendo sintomas como: febre, falta de apetite, fraqueza, fezes com sangue.

O vírus é muito contagioso entre os animais, por isso a única forma de prevenir é manter as vacinas do seu animal sempre em dia.

Bem, como citamos muitas das doenças caninas comuns também podem ser contraídas por humanos, denominadas de zoonoses, então fique atento e leve seu animal ao veterinário regularmente para mantê-lo sempre saudável.

Quer economizar nas consultas e tirar dúvidas com especialistas? Acesse: planosdesaudeanimal.com.br

Gostou do artigo?

Deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe com os seus amigos! Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook