| Tudo sobre Cães e Gatos

Os principais cuidados com os cães e gatos no verão.

1.8K 3
Os principais cuidados com os cães e gatos no verão.

 

Os cuidados com os cães e gatos no verão devem ser redobrados, assim como os humanos, os pets também sofrem com o calor.

Cuidados com os cães e gatos no verão: Se nós já sentimos os efeitos do verão em altas temperaturas, os pets não ficam atrás: sol e calor excessivo também os afetam e exigem que os cuidados que temos com os nossos bichinhos sejam intensificados.
Algumas raças, entretanto, merecem mais atenção no calor. No caso dos cães e gatos braquicefálicos. Raças de focinho achatado como – ex: Buldogue, Pug e o gato Persa. Justamente por esta característica do focinho eles têm mais dificuldade para respirar. Então, atenção redobrada com esses bichinhos.

Nessa época, os animais precisam de atenção redobrada para prevenir doenças, proliferação de parasitas e desconfortos causados pelo calor e a umidade. Os cães e gatos também podem sofrer queimaduras de sol, ficar desidratados e se sentir estressados ou incomodados sob altas temperaturas.

Leia também:

Mau hálito em cães e gatos: saiba como prevenir e cuidar

O pug que está roubando os corações da internet com a sua aparência

Confira os principais cuidados com os cães e gatos no verão:

Passeios: No verão, evite passear com seu pet entre as 10 horas da manhã e as 16 horas, pois esse é o período do dia que o sol está mais quente. Lembre-se: Você não quer que as patinhas dele sofram queimaduras graves, não é? Há ainda no mercado sapatos próprios para cães, eles servem para situações como esta, em que for inevitável levar o pet para andar neste horário, evitando ferimentos por queimadura.

passeio-verao
Protetor solar: Muitos donos não sabem, mas também existem protetores solares para os pets. Passe principalmente nas áreas das orelhas e focinho, evitando câncer de pele e fotossensibilização. Atenção: Use somente o indicado para uso veterinário.

protetor-solar-caes-gatos
Ofereça água fresca à vontade: Se sair para passear ou correr com o seu cão, e até mesmo dentro de casa, você deve ajudá-lo a aumentar a ingestão de água. Certifique-se de que o pote não fique exposto ao sol em nenhum momento. Durante esta época, devido ao calor e ao esforço físico sob temperaturas elevadas, é mais provável que o animal se desidrate.
agua-fresca-cuidados

o-calor-2

Os banhos: No verão podem ser com mais freqüência, 1 vez por semana no máximo. Fica aqui nosso alerta: Banho em excesso também faz mal.
Tosar o pelo do animal (inclusive do gato): Adotar uma tosa mais baixa e frequente no verão, para aumentar o bem-estar do seu pet. A tosa refresca o animal e facilita o banho. Ela é recomendável principalmente para cães de raças mais peludas, como o golden retriever e o husky siberiano, e até para gatos de pelagem cheia, como o persa. A chamada tosa higiênica, aquela que corta os pelos da região do ânus e dos órgãos genitais, é indicada para a higiene de raças menores, como shih-tzu e lhasa apso.

higiene-do-cachorro
Local onde dormem: Quando cachorros e gatos percebem que o local onde dormem é quente demais, eles próprios buscam lugares mais frescos, como o mármore da cozinha. Às vezes, porém, a área de circulação deles é restrita a uma parte da casa, de modo que eles não têm a possibilidade de escolha. É papel dos donos verificar se o ambiente em que seus animais de estimação dormem recebe muita luz durante o dia, o que aumenta a temperatura mesmo durante a noite e se é ventilado. Se necessário, o dono deve trocar o local da caminha.

SONY DSC

SONY DSC

Com essas dicas certamente os nossos bichinhos ficarão muito mais satisfeitos, felizes e principalmente com uma ótima qualidade de vida! Todo mundo merece sombra e água fresca (inclusive cães e gatos).

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook