| Tudo sobre Cães e Gatos

Carinho que vem dos cães – Terapia Hospitalar

2.19K 6
Carinho que vem dos cães – Terapia Hospitalar

Em um ambiente onde a dor e o sofrimento predominam, um conforto pode levar alegria a quem vive essa situação. Esse tipo de terapia chamada de zooterapia ou terapia assistida por animais, tem como objetivo a introdução do animal na vida de pacientes em tratamento para que ele se torne parte nos processos de melhoria dos quadros de saúde.

Desde 1792 na Inglaterra, a atenção de estudiosos já se voltava para os benefícios da relação homem-animal. Esses estudos comprovam que as melhorias vão além de emocionais e psicológicas, mas físicas e motoras.

terapia

Leia também:

Pet Terapia

Animais com síndrome de down – Entenda como funciona!

Animais de estimação e a importância na vida dos autistas

O contato com um animal permite abrir um espaço potencial para expressar a criatividade e lidar com as emoções das pessoas, o que denota a sua importância, principalmente nos processos de crise que advém de períodos de hospitalização prolongados. Tal prática possibilita a brincadeira, onde brincar é viver e aprender a viver ao mesmo tempo. Os recursos de terapia com cães podem ser direcionados às pessoas de diferentes faixas etárias e utilizados em instituições penais, hospitais, casas de saúde, escolas e clínicas de recuperação.

Embora seja uma intervenção que utiliza animais, traz consigo um forte apelo à humanização, pois ajuda a descontrair o clima pesado de ambiente hospitalar, melhora as relações interpessoais e facilita a comunicação. Por essas razões, essa prática é extremamente benéfica a toda a população, reduzindo, sobretudo, o período de internação dos pacientes, e acarretando efeitos colaterais positivos, como a redução dos custos do tratamento e riscos de infecções por prolongada permanência no ambiente hospitalar, em razão da resposta mais rápida à terapia com animais.

Na verdade, não é necessário estudos para comprovar o bem que faz um animal em nossas vidas. Essa pet terapia desperta uma força de vontade e uma alegria, muitas vezes esquecidas. Imagine receber esse carinho todo dentro de um ambiente hospitalar, onde a carência e a saudade de casa é tão grande. Nada melhor, não é?

Fonte: Blog do Callado

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook