| Tudo sobre Cães e Gatos

Câncer de mama canino

1.53K 2
Câncer de mama canino

Os tumores de mama são massas que se formam por células do corpo e se multiplicam descontroladamente. São nódulos de diferentes tamanhos, ulcerados ou não, firmes a endurecidos, diferindo da consistência mole do tecido normal. Pode-se dizer que é o câncer que mais acomete as cadelas, o qual representa um problema de grande impacto na medicina veterinária, visto que, implicam em alto índice de mortalidade, devido à recorrência tumoral ou ocorrência de metástases em outros órgãos.

Nos últimos anos, têm se verificado um aumento considerável da prevalência de câncer em cães, o qual é considerado por alguns autores, como a maior causa de morte nesta espécie.

Leia também:

Gravidez Psicológica em Cadelas – Guia Completo

Castrar ou não castrar?

Animais com síndrome de down – Entenda como funciona!

câncer

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico precoce do câncer é muito importante para a eficácia do tratamento, por isso fique atento ao aumento de volume na região das glândulas mamárias de seu pet, faça a palpação para poder detectar. Entretanto, é importante salientar que o diagnóstico definitivo só pode ser dado por um médico veterinário, através de exames mais complexos, como radiografia torácica e ultrassonografia. O diagnóstico definitivo é feito apenas através de biópsia.

PREVENÇÃO

A melhor forma de prevenir a doença é realizando a castração precoce (antes do 1º ciclo), o que evita o desenvolvimento de neoplasmas mamários.

Também é importante não utilizar as injeções de anticoncepcionais que evitam o cio e consultar periodicamente o médico veterinário para um exame completo e detecção de possíveis lesões iniciais.

Consulte periodicamente o médico veterinário para um exame completo e detecção de possíveis lesões iniciais.

TRATAMENTO

A cirurgia (mastectomia) é considerada a terapia de escolha para os tumores mamários, e ainda é o procedimento que confere o maior índice de cura nesses pacientes. Em alguns casos ainda é necessária a complementação com outros tipos de tratamentos, como a quimioterapia, dependendo do resultando do exame patológico.

FONTE: SOVET-UFPEL

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook