| Tudo sobre Cães e Gatos

Cães são considerados impuros no Irã

1.56K 2
Cães são considerados impuros no Irã

Regime iraniano persegue até os cães – são chamados de impuros

Segundo o jornal Shahrvand, donos de cães de uma cidade iraniana estão revoltados logo após as autoridades locais resolverem apreender seus animais de estimação para combater contra a “vulgar cultura ocidental”. Animais são vistos como impuros pelo Islã e considerados uma futilidade da cultura ocidental.

Possuir um cão como animal de estimação é ‘haram’ (pecado), segundo líderes religiosos. Mesmo que relativamente raros por lá, algumas pessoas tentam os criar normalmente. Mas os iranianos que levam seus cães para caminhar em parques comunitários, ou os transportam em seus veículos, podem ser multados pela polícia.

impuros

Leia também:

Animais com síndrome de down – Entenda como funciona!

Prefiro a chupeta: cachorro chupando bico é sucesso no YouTube e vai na Eliana no SBT – veja o vídeo

Tutora vai buscar cão em pet shop após banho e recebe animal morto

No Irã, o cachorro não é o melhor amigo do homem. O regime iraniano combate a posse de cães, vistos como impuros pelo islamismo. Durante décadas, ter um cachorro em casa era uma raridade. Cães de guarda, pastores e de caça sempre foram aceitos, mas, nos últimos anos, as autoridades se assustaram com a quantidade de gente de classe média que adquiriu um bicho de estimação para imitar a cultura ocidental.

O Ministério da Cultura e da Orientação Islâmica proíbe todos os meios de comunicação de veicular comerciais sobre animais de estimação. A restrição, adotada em 2010, obrigou muitos criadores a manter seus cães escondidos.

Na cidade há apenas um abrigo que cuida dos cães, desde 2004, o Vafa Animal Shelter auxilia cachorros a acharem uma família. A tarefa da proteção animal nunca é fácil. Então imagine os obstáculos que um abrigo se depara no Irã, onde os cães não são bem aceitos.

Para quem ama os cãezinhos, ir para o Irã não é uma boa ideia.

Gostou do conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Comentários no Facebook