| Tudo sobre Cães e Gatos

Por que cães e gatos gostam de cafuné e de coçar suas cabecinhas?

2.31K 1
Por que cães e gatos gostam de cafuné e de coçar suas cabecinhas?

Quem tem um animalzinho de estimação deve ter percebido que eles se derretem de alegria quando ganham um bom cafuné e que seus donos cocem as suas cabecinhas. Mas afinal, qual é o motivo de cães e gatos ficarem tão felizes quando as suas ricas cabecinhas peludas são coçadas e acariciadas?

Embora seja um pouquinho diferente para cães e gatos, a resposta tem algumas razões em comum por alcançarem tamanha felicidade com o ato do seu dono, ou seja, um bom cafuné.

Leia também:

Cadelinha é disfarçada de bebê para visitar a dona no hospital

Por que cães e gatos gostam de cafuné e de coçar suas cabecinhas?

De acordo com o Dr. Nicolas Dodman, professor emérito na Escola de Medicina Veterinária da Universidade Tufts, fazer cafuné e coçar a cabeça de um cão ou gato representa a atenção do dono aos animais. Além disso, é difícil para eles alcançarem o topo das cabeças com as patas, e impossível dar simples lambidas.

“É uma área relativamente inacessível que você pode alcançar por eles, assim você está fazendo um favor para eles”, disse Dodman à Live Science.

Então, a partir disso, as razões pelas quais gatos e cães gostam de um bom cafuné na cabeça divergem. Para os gatos, uma carícia na cabeça, nas bochechas ou no queixo pode lembrá-los da sua rotina de preparação, quando eles lambem o dorso das patas e esfregam na cabeça. Um arranhão de leve na cabeça também poderia lembrá-los de suas mães, que lamberam as partes superiores de suas cabeças quando eram gatinhos, observou Dodman.

Assim, os gatos podem considerar o ato de coçar a sua cabeça como um simples carinho, ou então enxergar o dono como a sua mãe, disse Dodman.

Além disso, os gatos possuem glândulas perfumadas em todo o corpo, e elas estão concentradas na testa, bochechas e no queixo de um gato, disse Mikel Delgado, Doutor em psicologia na Universidade da Califórnia, Berkeley.

“Quando eles estão se esfregando em objetos, ou em outros animais, eles estão espalhando o seu aroma”, disse Delgado. “Deixar o perfume é uma maneira de demarcar o seu território, e com isso, acreditamos que tenha alguns efeitos calmantes para eles”.

Porém, pode ser apenas um gesto de amor, se ele estiver se esfregando no seu dono. Então, resumindo, os gatos ou demarcam território, ou demonstram afeto ao compartilhar carinhos.

Nos cães, é um pouco diferente: eles recebem cafuné nas suas cabeças principalmente demonstrando um grande sinal de carinho e vínculo com o seu dono. Disse Kaplan: “Acho que a maioria dos cachorros, adoram cafuné na cabeça e as orelhas esfregadas – isso é um sinal de carinho, vínculo e atenção”.

Cães não socializados costumam considerar como um gesto dominante um simples cafuné ou “tapinhas” na cabeça, e podem atacar. Por isso, caso não conheça um cachorro e fique com vontade de levar sua mão à sua cabeça, todo cuidado é pouco. É melhor analisar a linguagem corporal do animal para ver o que ele prefere, especialmente se o animal parece que vai arranhar ou morder você, de acordo com os especialistas.

Gostou do nosso conteúdo? Curta nossa fanpage, siga-nos no Instagram e receba dicas e notícias nas redes sociais.

Via Live Science

Comentários no Facebook